suplementos-alimentos-probioticos-qual-melhor-comprar-adquirir-obter-graos-kefir-leite-kombucha-escolher

Suplementos Probióticos versus Alimentos Probióticos

Eu estava inquieto essa semana e fiz uma Pesquisa sobre um assunto que sempre nos procuram: “Suplementos Probióticos são melhores do que Alimentos Probióticos?” Olha o que eu achei pra você.

Vamos aos fatos…

PONTO 1

A força de um suplemento probiótico é medida em Unidades Formadoras de Colônias (UFCs), ou seja, o número de bactérias ativas.

Em uma cápsula de suplemento probiótico temos até 10 bilhões de UFCs (109). Uma Equipe do Dr. Joseph Mercola (USA) [2], testou amostras de vegetais fermentados e descobriram que continha 10 trilhões de UFCs em apenas uma porção de 100g, ou seja 100 vezes mais! Além disso, a variedade microbiológica encontradas também era muito superior.

PONTO 2

Baseando-se em um suplemento probiótico conhecido no Brasil, como o SIMFORT (30 sachês, 1 bilhão UFCs). Não vamos confundir com Floratil, por exemplo, que são para casos pontuais de disbiose! O preço médio de um pote com 30 cápsulas de Simcaps é de R$ 42,00, ou seja, cada cápsula custa R$ 1,40.

Com os mesmos R$ 1,40 se você adquirir meia cabeça de repolho pra fazer o seu próprio Chucrute (alimento fermentado com adição de sal), ele vai render umas 10 porções, com pelo menos 5 trilhões de UFCs por porção (100 g).

PONTO 3

Além dos Vegetais Fermentados, no Kefir de Leite há uma substância chamada Kefiran, que possui propriedades antibacterianas, antitumorais e antifúngicas [1]. Alunos da Universidade da Flórida (estudo não oficial, só encontrei o link) [5], testaram as UFCs no Kefir de Leite de Cabra que seu professor bebia todas as manhãs. Eles encontraram 10 bilhões de UFCs por mL, ou seja, 150 bilhões de UFCs por colher de sopa, em média 2,4 trilhões de UFCs em um copo de 200 ml.

Um estudo brasileiro do Departamento de Microbiologia da Universidade Federal de Lavras / MG [6] analisou 270 tipos de Grãos de Kefir de Leite do mundo todo. As máximas se UFC/ml se aproximaram significativamente das encontradas no estudo base da Flórida.

PONTO 4

O mercado de suplementos probióticos tem tomado altas proporções que dificultam a regulamentação e quantificação real das cepas bacterianas ali existentes. Muitos produtos são excelentes, mas ainda encontramos oportunistas que se aproveitam de condições clínicas (disbiose, constipação, obesidade, entre outros) e em suas propagandas persuasivas, sequer citam o potencial probiótico de alimentos naturais.

Lembrando que em casos de desequilíbrio da microbiota intestinal, como em diarreias agudas, é necessária uma reposição imediata de microrganismos com um tratamento alopático com lactobacilos via sachê, por exemplo e hidratação. Esses produtos já são mais confiáveis!

Esperamos ter esclarecido alguns pontos e qualquer dúvida, estamos à disposição.

Por: Flávio Viaboni – Nutricionista – CRN3 -23.271/SP – Equipe Probióticos Brasil

REFERÊNCIAS
1. ROSA, D. D.; DIAS, M. M. S.; GRZES´KOWIAK Ł. M.; REIS, S. A.; CONCEIÇÃO L. L.; PELUZIO, M. C. G. Milk kefir: nutritional, microbiological and health benefits. Nutrition Research Reviews, 30(01), 82–96, 2017.
2. Fermented Foods Contain 100 TIMES More Probiotics than a Supplement (Alimentos fermentados contêm 100 vezes mais probióticos que um suplemento). May 12, 2012. Disponível em https://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2012/05/12/dr-campbell-mcbride-on-gaps.aspx Acesso em 19 nov.2019.
3. Claudio de Simone, The Unregulated Probiotic Market, Clinical Gastroenterology and Hepatology, Volume 17, Issue 5, 2019, Pages 809-817, ISSN 1542-3565, https://doi.org/10.1016/j.cgh.2018.01.018.
4. Prado MR, Blandón LM, Vandenberghe LP, et al. Milk kefir: composition, microbial cultures, biological activities, and related products. Front Microbiol. 2015;6:1177. Published 2015 Oct 30. doi:10.3389/fmicb.2015.01177
5. Surprising Probiotic Count Of Kefir Revealed (Revelado surpreendente número de probióticos do kefir). February 14, 2017. Disponível em https://www.living-technologies.info/surprising-probiotic-count-of-kefir-revealed-a-re-post/ Acesso em 19 nov.2019.
6. Maria Gabriela da Cruz Pedrozo Miguel, Patrícia Gomes Cardoso, Lilian de Assis Lago, Rosane Freitas Schwan, Diversity of bacteria present in milk kefir grains using culture-dependent and culture-independent methods, Food Research International, Volume 43, Issue 5, 2010, Pages 1523-1528, ISSN 0963-9969, https://doi.org/10.1016/j.foodres.2010.04.031.

Compartilhe este Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


WhatsApp chat