como-tirar-reduzir-eliminar-acidez-kefir-leite-adquirir-comprar-conseguir-encontrar-obter-doador-doacao-graos

Como reduzir a acidez do Kefir de Leite?

“Meu Kefir tá ácido demais, não consigo mais tomar!” Essa é o principal incômodo relatado por inúmeros Cultivadores de Kefir de Leite, que muitas vezes, de forma equivocada, até desistem de cuidar dos Grãos.

Entenda como lidar com essa ocorrência, encontrando soluções e mantendo sua produção equilibrada.

Para isso você precisa avaliar alguns pontos:

1 – QUANTIDADE DE GRÃOS DE KEFIR DE LEITE VERSUS QUANTIDADE DE LEITE

Os Grãos de Kefir de Leite crescem numa taxa média de 10 a 15% ao dia e muitas vezes não percebemos a hora de retirar uma porção excedente, que pode ser utilizada de várias formas.

Saiba mais: Grãos de Kefir de Leite em Excesso: O que fazer?

Por que preciso retirar?
Porque reduzindo a quantidade de Grãos, haverá maior disponibilidade de nutrientes do leite e menor disputa dos grãos, permitindo uma fermentação leve, com grãos alimentados de modo ideal.

O impacto na acidez é que no processo de fermentação, os Grãos de Kefir de Leite, convertem / consomem o açúcar do leite, lactose (composto por Galactose + Glicose) em Ácido Láctico e esse, em grandes quantidades justamente pelo desequilíbrio de proporções,  fica em maior quantidade, então o gosto ‘ácido’ ´prevalece.

Solução: Sugestão de proporção equilibrada: 1 colher (sopa) de Grãos de Kefir de Leite para 500 ml de leite fresco

reduzir elimirar diminuir tirar acidez Kefir Leite controlar tempo fermentacao quantidade grao jogar fora acido-1

2 –  TEMPO DE FERMENTAÇÃO

Os Grãos de Kefir de Leite precisam de um tempo específico para que o processo fermentativo se complete, permitindo a transformação do leite fresco em um leite fermentado rico em propriedades probióticas.

Esse é um aspecto que muitas vezes sai do controle devido a rotina individual de cada Cultivador, mas precisa ser observado para que mantenha sua colônia nutrida e obtenha uma bebida saborosa.

Por que me atentar a isso?

Porque os Grãos precisam de novo leite fresco periodicamente para sua nutrição adequada. Caso não tenham, eles continuam consumindo ao máximo a lactose disponível, saturando em ácido láctico.

ATENÇÃO: Há muitas informações na internet ditando regras sobre o tempo de fermentação do Kefir de Leite e a relação com solta-prende intestino, mas isso é um mito A arte da fermentação está na flexibilidade do Cultivador, faça o seu tempo ideal, não obedeça regras pré-estabelecidas e não fundamentadas.

Soluções:

1) Mantenha uma rotina diária de troca. Ex.: Ao acordar; Antes ou após o trabalho; Antes de dormir; Após o almoço, lanche ou jantar. Nos finais de semana, mantenha esse padrão o máximo que puder e seja rigoroso, evitando deixar por mais de 12h sem a troca de leite.

2) Plano de Troca: Se seus horários oscilam demais, coloque uma Etiqueta no Recipiente de Vidro para melhor organização do horário de início e término previsto da fermentação.

3) Redução de tempo: Se está fermentando demais, coe antes:  Fermente por 20 -24 horas se fermentava em 36 ou 48 horas; Fermente 12 horas – 15 horas se fermentava em 24 horas.

Com o cultivo regular, você mesmo vai descobrir o tempo ideal de fermentação de acordo com o seu paladar.

Saiba mais: Tempo de Fermentação do Kefir de Leite: Solta ou Prende Intestino?reduzir elimirar diminuir tirar acidez Kefir Leite controlar tempo fermentacao quantidade grao jogar fora acido-13 – TEMPERATURA AMBIENTE

Os Grãos de Kefir de Leite são extremamente sensíveis às alterações de temperatura, então é fundamental se atentar nesse aspecto, já que a faixa que eles se adaptam bem fica entre 23 a 28º C.

Não há um padrão de temperatura de fermentação certa, mas uma média baseada no clima brasileiro (20° a 30°C). Em regiões mais quentes, fermenta mais rápido; em regiões mais frias, fermenta mais lento.

Soluções:

1) Ciclo de alternância: Se a média de temperatura no local de fermentação é acima dos 28ºC, então num ciclo de 24h, faça 12h em temperatura ambiente, mexa bem o líquido, tampe com o tecido e leve para a geladeira por outras 12h. Desse modo, o processo de fermentação é retardado e a chance da bebida equilibrar, é alta.

2) Equilibrar temperatura: a) Você pode colocar seu Recipiente de fermentação dentro de uma bacia com água fria ou com cubos de gelo, uma espécie de Banho-Maria Frio. b) Outra opção é deixar um mini ventilador de pilhas ligado e direcionado para o recipiente durante esse período de temperaturas mais altas. c) Se algum cômodo da sua casa ou trabalho fica com o ar condicionado ligado, deixe seu Recipiente nesse local.  d) Use sempre leite gelado na troca, assim ele vai demorar mais para atingir as temperaturas mais elevadas.

Se quiser controlar rigorosamente, use um Termômetro comum ou adquira nosso Termômetro de Fita

Saiba mais: A temperatura influencia na Fermentação?

reduzir elimirar diminuir tirar acidez Kefir Leite controlar tempo fermentacao quantidade grao jogar fora acido-1

E SE AINDA ASSIM, O LEITE FERMENTADO FICAR ÁCIDO?

Existem outras ocorrências e procedimentos que podem ser tomados. Veja se isso abaixo te ajuda…

  • Maturação do Leite Fermentado: Coe e leve o leite fermentado à geladeira, por pelo menos 12h. Temperaturas mais baixas diminuem a acidez, além de maturar o leite, aumentando seu aporte de vitaminas do Complexo B, por exemplo. Ademais, o fermentado fica mais consistente e encorpado, o que muitos adoram!
  • Retirada de película amarelada: Eventualmente, uma camada grossa de leite (gorduras e proteínas), pode aparecer na superfície do recipiente durante o processo de fermentação. Se isso ocorrer, retire-a delicadamente com uma colher e só então mexa e coe os Grãos.
  • Bicarbonato de Sódio: Por ser uma alcalino (pH alto) é indicado para neutralizar substâncias ácidas (pH baixo). Se quiser, use 1 colher (café) rasa para cada 500 ml de leite fermentado pelos Grãos de Kefir de Leite. Misture bem, irá formar uma leve espuma, então espere terminar a ação química e pode consumir.
  • Recipiente de Fermentação adequado: Use sempre um vidro, no mínimo 40% maior do que a quantidade  que vai fermentar. Exemplo: Para 500 ml de leite use um vidro que comporte 700 ml. Desse modo, seu fermentado terá maior área de contato com o oxigênio facilitando a liberação do gás carbônico produzido na fermentação e diminuindo a acidez. Se tiver um vidro de boca larga (8 cm), ótimo também.
  • Vidro Tampado ou Lavar os Grãos: Ambos favorecem o aumento da acidez da fermentação, então tampe com um tecido que permita a circulação de ar e sob hipótese alguma lave os grãos em água corrente, exceto se os grãos caírem no chão, apresentarem sujidades, insetos ou contaminações. Se não for o caso, nunca lave-os!

E lembre-se: NUNCA JOGUE SEUS GRÃOS DE KEFIR DE LEITE FORA. Se tiver Dúvidas, procure nossa Assessoria de Cultivo via WhatsApp e vamos te ajudar. Clique aqui!

Tem outras Dicas para Reduzir a Acidez do leite fermentado pelos Grãos de Kefir de Leite? Fale pra gente!

Por: Flávio Viaboni – Nutricionista – CRN3 -23.271/SP – Equipe Probióticos Brasil

QUAL O PRÓXIMO PASSO? Agora que você entendeu essa característica tão marcante do Kefir de Leite e já sabe lidar com ela, que tal pedir seus Grãos ou então nosso Kit Completo? Clique aqui e saiba mais. Você é Adotante e quer encontrar um Doador? Preencha nosso Formulário  AQUI e vamos buscar em nosso Banco de Dados. Ah… você é Doador? Então acessa aqui, cadastre-se e entre para nossa Rede de Doadores do Bem !

Compartilhe este Artigo

Comments (4)

  • Olga Cenira Viero Reply

    Amo Kefir, consumo diariamente, Gratidão por mais esclarecimentos,como utilizar os grãos excedentes, além de doar?

    8 de dezembro de 2019 em 16:35
  • tomoaki sugui Reply

    Ultimamente não estou conseguindo que o kefir saia com a cremosidade normal. Depois de usar várias marcas de leite, encontrei em duas marcas que sempre consegui a cremosidade normal. Comprei uma destas marca da mainha região e por surpresa, o kefir não saiu como de costume, e notei que na parte de baixo, tinha impresso quadradinhos coloridos. Comprei então a outra que era boa, marca DANONE, e para minha surpresa, tambem não apresentou o resultado esperado. Depois descobri que tinha na parte de baixo da caixa os quadradinhos coloridos. Não sei se estes leites são bons, ou o boato sobre estes leites são FAKES.

    22 de dezembro de 2019 em 15:48
    • Probióticos Brasil Reply

      Olá, Tomoaki. Tudo bem? Em relação a cremosidade do Kefir, ela está intimamente ligada a uma temperatura regular durante a fermentação e nem sempre conseguimos isso diariamente (23 a 27 graus). O fato é que a qualidade do leite tem pouca influência nesse aspecto, mas o ideal sempre é o Leite Integral para obter esses resultados. Sobre o Leite ‘Fake’ isso é um mito criado sem valor real, fique tranquilo.

      23 de dezembro de 2019 em 11:30

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


WhatsApp chat