como-cultivar-fazer-cuidar-fermentar-kombucha-scoby-frio-inverno-baixa-temperatura

Como cultivar Kombucha no Inverno

Como cultivar Kombucha no frio?

Com as baixas temperaturas seu Kombucha tem demorado para fermentar? Fique tranquilo! É normal que o Kombucha, Kefir de Leite, Kefir de Água e outros fermentados se comportem de maneira mais lenta nesse período.

O Kombucha ama temperaturas mornas, em especial entre 23°C e 25°C, faixa onde o processo fermentativo, propriedades nutricionais e de sabor são adequadas para obter uma bebida mais saudável e de alta qualidade.

Em temperaturas médias de 20°C e 30°C , seu lote de Kombucha fica pronto entre 7 a 10 dias. Em temperaturas médias constantes abaixo de 20°C, seu lote pode demorar até 15 dias para ficar pronto.

Saiba mais: Quais as influências da temperatura na fermentação do Kefir, Kombucha ou Iogurtes?

COMO MANTER SEU KOMBUCHA  EM TEMPERATURA IDEAL DE FERMENTAÇÃO

Quais os cuidados, dicas, orientações para manter o seu Kombucha aquecido durante o inverno ou nas baixas temperaturas do ano? Veja sugestões que podem te ajudar a fermentar melhor nessa condição climática.

1) Coloque o Pote de Fermentação em um local mais quente. Observe em sua casa os melhores locais, por exemplo: em cima da geladeira, em cima do armário, prateleira, já que no alto a temperatura do ar é mais quente; dentro do forno convencional ou micro-ondas desligados. Se possível, afaste os vidros de paredes que tenham contato com o lado externo para evitar a troca térmica de frio.

2) Aumente o tempo de fermentação. Se em dias com temperatura tropical, seu Kefir de Leite fica pronto em 24h, deixe 36h, 48h ou até mais para completar o ciclo de fermentação. Lembre-se de mexer a cada 12h para facilitar o consumo dos nutrientes do leite fresco pelos Grãos de Kefir.

3) Aumente a proporção de Scoby . Se você usa 50g / Scoby ou 1 unidade grande por Litro de Kombucha, sugerimos que em baixas temperaturas, aumente para 70g ou 80g ou mais Scobys do seu Hotel. Isso ajuda na velocidade de fermentação e reduz o risco de mofo.

4) Fermente volumes maiores de Kombucha: Levando em conta que a sua colheita de Kombucha pode levar mais tempo que o habitual, faça maior quantidade para garantir mais bebidas saudáveis pra você durante o inverno.

5) Tenha paciência. Fazer a colheita da F1 (Primeira Fermentação) da sua Kombucha antes do ponto fará com que sua bebida apresente maior quantidade de açúcar residual, já que o processo ainda não estará completo e ainda, quando refrigerar as garrafas para a F2 (Segunda Fermentação) antes que estejam rígidas resultará em bebidas sem gás.

POSSO DEIXAR MEU KOMBUCHA DENTRO DO ARMÁRIO? É bom evitar em qualquer estação do ano. Motivo 1: A fermentação do Kombucha ocorre em ambiente anaeróbico (ausência ou pouca necessidade de oxigênio) mas principalmente aeróbica (necessita de oxigênio) e dentro do armário pode não ser adequado. Motivo 2: Em especial nas baixas temperaturas, a umidade aumenta e a ocorrência de mofo é muito maior, então deixar nesse local pode ser um determinante para o descarte de todo o seu lote.

DICA LEGAL: Para encontrar o local ideal você pode deixar potes com água em vários lugares da casa por 6 a 12 horas e depois coletar a temperatura deles com um termômetro e decidir a melhor opção.

6) Proteja o Pote de Kombucha. Envolva o Pote em um pano grosso, manta, cobertor ou uma toalha que isole da temperatura externa. Para melhores resultados, conheça nossa Manta Térmica de Proteção.

7) Coloque ao lado do Pote, uma lâmpada incandescente. Sabe aquelas amarelinhas? Elas mesmas! Ou envolva o Pote com um cordão de lâmpadas (Tipo aquelas ‘luzinhas de Natal’). Às vezes isso é suficiente para mantê-lo aquecido quando as temperaturas forem mais rigorosas.

8) Coloque seu Pote de Kombucha em uma Caixa de Isopor ou Bolsa Térmica. Encontre um modelo que caiba o seu Vidro todo, cubra-o normalmente com tecido, mas deixe a Caixa ou Bolsa com uma pequena abertura para que o oxigênio entre.

9) Use um Aquecedor Portátil. Deixe-o ligado pelo menos à noite, que é um período onde as temperaturas costumam reduzir mais. Em média deixe o Aquecedor ligado por pelo menos 8h, a uma distância de 30 cm do Pote.

10) Use Tapetes / Placas de Aquecimento Elétrico. Facilmente encontrado em lojas para Pet, Anfíbios. Você pode colocar seu Pote em cima dele e deixar fermentando. Em média elas aumentam até 5°C da temperatura ambiente. Leia o Manual de Instruções para verificar a temperatura máxima, já que alguns modelos aquecem muito em relação à temperatura ambiente.

ORIENTAÇÕES ADICIONAIS

Para evitar risco de formação de mofo, aumente a proporção de Chá de Arranque (Starter) de 10% para 15% ou 20%. Controle o sabor, provando sempre para que não fique tão ácido.

Para melhor acompanhamento, recomendamos fixar um Termômetro Adesivo (clique aqui) em seu Pote de Fermentação para monitorar a temperatura ou adquira um Termômetro Digital ou Tipo Espeto.

Não deixe que o tempo frio o impeça de fazer seu delicioso Kombucha! Use essas dicas fáceis para manter suas culturas felizes e saudáveis ​​durante as baixas temperaturas de inverno!

Você tem outras Dicas para fermentar melhor o seu Kombucha no tempo frio? Compartilhe com a gente!

Por: Flávio Viaboni – Nutricionista – CRN3 23.271/SP – Equipe Probióticos Brasil

QUAL O PRÓXIMO PASSO?

Ainda não tem seu Scoby para produzir Kombucha? Clique aqui! Para facilitar temos também novos Tipos de Chá para experiências únicas, além do Kombukit com tudo o que você precisa pra começar hoje mesmo!

Já conhece nossa Manta Térmica de Proteção? Clique aqui e encomende a sua!

Compartilhe este Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


WhatsApp chat